Prefeita de Ilhabela participa do 2° Simpósio de Combate à Violência contra a mulher

0
25

Palestras abordaram temas como violências domésticas, traumas familiares e Lei Maria da Penha

A prefeita de Ilhabela, Maria das Graças Ferreira dos Santos Souza, a Gracinha, participou nesta sexta-feira (6), no Teatro Mário Covas, em Caraguatatuba, do 2° Simpósio de Combate à Violência contra a mulher, realizado pela Polícia Militar do Estado de São Paulo, com o objetivo de conscientizar a sociedade do problema e contribuir com a redução das ocorrências contra as mulheres.

A abertura do evento, que contou com a presença de autoridades civis e militares, foi realizada pelo Major PM, André Luiz Paz, comandante da Polícia Militar na região, que destacou a necessidade do planejamento de novos esforços entre os poderes constituídos para combater a realidade vivida pelas vítimas.

No simpósio, feito pela manhã, foram realizadas três palestras, pela Major PM Eunice Rosa Godinho, comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar de Osasco; Selma de Freitas, presidente da Comissão da Mulher Advogada, da Ordem dos Advogados do Brasil de Caraguatatuba (OAB) e Júnia Macedo, delegada da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de São Sebastião.

A major Eunice exibiu comoventes filmes, ente outros materiais, sobre crimes de violência doméstica e sexuais contra a mulher; traumas familiares. Também apresentou estatísticas alarmantes relacionadas ao tema. Entre os índices apresentados consta que em 75% dos casos a vítima de estupro tem menos de 13 anos de idade e que no Estado de São Paulo são registrados 900 casos/mês, o que faz as autoridades concluírem que são infinitamente maiores, visto que somente 10% das ocorrências são informadas.

Durante a palestra, muitas frases e informações relativas ao diagnóstico sobre a violência sexual no Estado de São Paulo foram divulgadas, além de testemunhos de vítimas. “Quem bate em mulher machuca a família inteira”, a palestra foi encerrada com a sugestão de outra frase: “Cuide-se e proteja quem você ama!”

Na segunda palestra, a presidente da Comissão da Mulher Advogada, da OAB de Caraguatatuba, Selma de Freitas, abordou Aspectos da Lei Maria da Penha, destacando a violência doméstica no município. Já a delegada da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de São Sebastião, Júnia Macedo, falou sobre o atendimento às vítimas dentro do estabelecido pela Lei Maria da Penha.

A prefeita elogiou a iniciativa da Polícia Militar. “Fiz questão de participar por saber a importância de a sociedade enfrentar essa dura realidade. A Polícia Militar está de parabéns pela realização do segundo simpósio. Também quero parabenizar as palestrantes pelas informações e orientações apresentadas. Ficou claro que todos nós, autoridades e população, temos que nos unir para combater a violência contra as mulheres e a família”.

Ao lado de autoridades civis e militares, assistimos as palestras sobre violência doméstica, violência contra a mulher, crimes sexuais, Lei Maria da Penha, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui